top of page

Como ter um relacionamento a dois bem sucedido?

Durante essa semana estive pensando em escrever um texto sobre relacionamentos amorosos. Depois de muito ruminar, percebi que estava buscando escrever o texto que resolveria todos os problemas de relacionamento da humanidade! Durante minha pesquisa encontrei muito disso, percebi que as pessoas buscam pelas fórmulas mágicas, o conselho definitivo, a lista das 10 coisas essenciais para um relacionamento bem sucedido.


Como a gente é bobo!


Um relacionamento jamais pode ser descrito assim. E fui matutando, brincando com essa reflexão, e fui me aproximando de uma metáfora que acho que tem utilidade para pensarmos em um relacionamento a dois.


Fui compreendendo que o relacionamento é como uma fogueira que precisa ser constantemente alimentada caso contrário o fogo se estingue. E isso se faz no dia a dia, na capacidade de apaixonar-se de novo e de novo e de novo pela mesma pessoa.


Apaixonar-se de novo significa descobrir coisas novas mesmo depois de tanto tempo juntos: descobrir pintas em lugares desconhecidos, cócegas antes inexploradas, medos…

Mas pra isso acontecer é necessário mostrar-se por inteiro, desvelar-se ao outro, desnudar a alma.


Obviamente, que esse processo demanda tempo e ocorre com o transcorrer dos anos. Aqui uso uma comparação um tanto óbvia: o desnudar da alma como o desnudar do corpo. Explico: lembre-se da primeira vez que você e seu companheiro ficaram nus um frente ao outro. Muito provavelmente foi um momento tenso, antecipado por procedimentos estéticos - uma depilação em lugares específicos, uma semaninha de dieta, musculação localizada. O resto você me diz nos comentários.


Depois de anos convivendo estar na frente de seu amado com ou sem roupa dá no mesmo.


Desnudar a alma e revelar-se por completo significa, porém, deixar-se vulnerável o que requer muita coragem e confiança, pois ao fazê-lo o olhar do outro lançará luz em lugares de si que nem você mesmo ousou conhecer. Isso nem sempre ocorre apesar dos vários anos juntos. E é essa coragem e confiança que alimentam a fogueira.

Tudo isso soa genérico e pouco útil, e é mesmo. Mas tenho certeza que você consegue se lembrar de momentos em que essas coisas ocorreram com vocês dois, ou quase se cumpriram.


E pra que serve então esse texto? Me pergunta você com o dedo pronto pra rolar a tela e seguir pra um texto mais interessante, ou até mesmo um reels de gatinhos. E eu te digo: serve pra te inspirar, te tirar a hesitação, te provocar a aceitar nada menos que o sublime no seu relacionamento, que não é o perfeito, é imperfeito com as pintas, o mal-humor ocasional, com os esquecimentos das datas importantes, mas se mostra e se entrega por inteiro e te permite viver redescobrindo diariamente o que é o amor. É isso o que você merece!

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page